sábado, 16 de janeiro de 2016

# Entrevistas # Ídolos

Mafalda Portela: “Isso foi o pior, não poder estar com a família e amigos sempre que queria.”

Mafalda Portela é uma jovem cantora e atriz que se tornou conhecida do grande público na série Morangos Com Açúcar (Segue o Teu Sonho), onde interpretou o papel de Tatiana. A jovem natural de Mirandela, não só deu cartas na representação como na música. Durante a sua participação na série televisiva exibida pela TVI, Mafalda lançou o seu primeiro disco com o nome artístico MissyM. Mas o seu percurso não ficou por aqui. Mafalda continuou ligada à representação mas, em 2015, decidiu voltar a dar cartas no mundo da música, desta vez no programa Ídolos, na SIC. Conseguiu chegar à fase das galas mas na quinta gala foi expulsa pelos portugueses. Hoje, a jovem nortenha, garante estar dedicada ao teatro musical onde consegue conjugar as suas duas grandes paixões.
Nesta entrevista, Mafalda fala-nos da sua experiência enquanto atriz e cantora, referindo o seu percurso quer pela série da TVI quer pelo concurso da SIC.



Antes de mais, como é que descreves a Mafalda Portela?

A Mafalda Portela é uma rapariga extremamente stressada.  Acho que é um dos defeitos que mais me define,  infelizmente.  Sou um pouco tímida e isso faz com que esteja constantemente nervosa quando estou com outras pessoas, quando tenho de falar em público e até mesmo cantar. Com os anos fui aprendendo a controlar um bocadinho isso mas claro que quem me conhece bem sabe que sou stressada por natureza. Sou uma "personagem”, como dizem os meus amigos. É verdade,  vivo num mundo tão à parte, deixo-me levar pelos meus dramatismos  e teatralidade e quando dou por mim estou a fazer figuras tristes. Sou carinhosa, extrovertida no seio familiar e perto de amigos. Sou bastante desorganizada no que diz respeito à minha agenda.  Estou sempre com falta de tempo para fazer tudo aquilo que quero. Sou um pouco impaciente também. Quando quero algo, quero na hora. E pronto,  entre muitos mais defeitos e algumas qualidades, estes são os que mais me definem. 



Teatro ou música, qual dos dois te satisfaz mais?

Por muito que gostasse de escolher entre representação e música, é impossível para mim fazê-lo. Representação foi aquilo que estudei, que escolhi fazer. Música é o meu grande amor. Se me perguntarem "teatro ou televisão?", facilmente responderei  "teatro sem sombra de dúvida".  Entre teatro e música é tão difícil escolher que neste momento estou a fazer teatro musical.  Resolvi juntar o útil ao agradável  e fazer as duas coisas que mais amo juntas. 



Em 2011 tiveste a oportunidade de participar na série Morangos com Açúcar. O que guardas dessa experiência?

Fazer Morangos Com Açúcar não foi um mar de rosas. As pessoas normalmente pensam que ser ator é só glamour, festas, autógrafos e fotografias. Não vou dizer que não é um pouquinho assim porque a maior parte dos atores passa a vida em festas. No meu caso foi um pouco diferente. Trabalhava mais de 12 horas por dia, era muito cansativo. Por vezes saía do estúdio às 3 da manhã para lá estar de novo às 8.  Isto porque gravava para a série e depois ainda ia para os estúdios de áudio gravar músicas para o disco "MissyM". Quase nunca tinha tempo para mim,  quanto mais para a família e amigos. Isso foi o pior,  não poder estar com a família e amigos sempre que queria. Mas a experiência em si foi super engraçada e aprendi imenso. Já para não falar da sorte que tive em poder contracenar com atores mais velhos por quem sempre tive imensa admiração. Fiz amigos para a vida.  Foi uma experiência de facto muito marcante, que guardarei para sempre na memória  com muito carinho. 



O que é que a MissyM tinha em comum com a Mafalda Portela?

A MissyM e a Mafalda não tinham muito em comum,  a não ser a música e as artes em si.  Como pessoa não tinham muito em comum. Eram ambas simpáticas,  fora isso,  completamente o oposto. A Mafalda é divertida, mas muito mais resguardada. A MissyM era muito extrovertida. A Mafalda é muito negativa, a MissyM era muito positiva.  
A MissyM tinha uma coisa que eu achava extremamente irritante, estava sempre feliz e o mundo dela era cor-de-rosa,  nunca nada a irritava ou incomodava.  A Mafalda é um bocadinho mais fácil de irritar, para a Mafalda nunca nada está bem!



Este ano participaste no programa Ídolos. O que te motivou a fazê-lo?

A minha participação no Ídolos foi um pouquinho atribulada.  Digamos que não me inscrevi por mim  inicialmente. Fi-lo pelo meu namorado que constantemente insistia em que eu me inscrevesse.  Acabei por fazê-lo. 
No entanto, comecei, de facto, a adorar estar ali,  naquele programa,  com aquelas pessoas maravilhosas,  com tanto trabalho diário.  
Posso não ter iniciado esta jornada por mim,  mas foi das melhores decisões que tomei.  Adorei a experiência. 


Que balanço fazes da tua participação no programa da sic?
Quanto à minha participação no Ídolos, podia ter feito muito mais e muito melhor.  Infelizmente existem regras que os próprios concorrentes não podem contornar,  como por exemplo, a escolha das músicas. O que passa cá para fora é que somos nós a escolher as músicas que cantamos nas galas,  mas não é bem assim.  Em todo o meu percurso nas galas,  só cantei uma música escolhida por mim na quarta gala. Todas as outras músicas foram escolhidas ou até mesmo impostas pela produção. Eu sou cantora jazz e uma das coisas que pensei ao passar às galas foi que poderia mostrar a minha identidade enquanto cantora/música. Tal não me foi permitido. No geral,  correu tudo bem.  Atingi o meu objetivo que era chegar às galas e aguentei algum tempo no programa. Resumindo, ainda que com alguns entraves,  penso que não estive mal, apenas não mostrei tudo aquilo que queria ter mostrado.



Qual foi a fase mais complicada pela qual passaste ao longo do teu percurso?

A fase mais complicada neste percurso do Ídolos foi, talvez, a fase do teatro.  Foram três dias com 4 horas de sono. Músicas a decorar durante a noite,  pouco descanso,  preocupação, insegurança. A nossa voz precisa de 8 horas de descanso para estar limpa  e saudável e isso foi impossível nessa fase. Cantar em grupo foi complicado também.  Não conhecia a música de todo  e tivemos de trabalhar durante a noite. Felizmente escolhi parceiros à altura e tudo acabou por correr bem.



E daqui para a frente, o que esperas conquistar a nível profissional?

De momento estou dedicada ao teatro musical, que também é a minha praia. Espero um dia voltar a fazer ficção  também,  quem sabe. Mas por agora estou a trabalhar na minha área e estou feliz por isso.  Musicalmente, vamos ver! 




Terminada esta entrevista resta-me agradecer à Mafalda por ter aceite responder às minhas questões e, acima de tudo, pela simpatia e disponibilidade demonstrada desde o início. Acompanhem o trabalho da Mafalda e sigam-na nas redes sociais (que vou deixar em baixo) para ficarem a par de tudo o que se passa com ela. Até à próxima entrevista internautas!



25 comentários:

  1. Otima entrevista.
    BLOG: Estilo.Quem tem?
    BLOG DA FILHOTA: Coisas de Meninas visite-a para incentivar por favor.
    CANAL
    Quer ter mais acessos ao seu blog? Acesse HitLeap - #

    ResponderEliminar
  2. Adorei! Perguntas muito bem feitas, tendo em conta que ela tem várias paixões. Parabéns gira <3

    ResponderEliminar
  3. Ela é uma cantora linda e bem talentosa mesmo!
    adorei a entrevista, ela pareceu ser bem simpática e muito gentil.

    Estou seguindo seu blog, se gostar do meu, me siga de volta também. *--*
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  4. Super talentosa!
    Adorei a entrevista :)

    r: Concordo, não seria mesmo.
    Muito obrigada*

    ResponderEliminar
  5. Que pessoa mais linda e encantadora. A entrevista foi ótima, parabéns!!

    Bjokas,
    DMulheres
    @dmulheres

    ResponderEliminar
  6. Lembro-me de a ver nos Morangos e gostava da voz dela:)

    ResponderEliminar
  7. Ahahah mesmo!!! quero tanto ter umas :P

    Gosto muito dela e acho que tem mesmo talento tanto para o teatro quanto para a música :D

    Acompanho-a desde os morangos +.+ que saudades!

    NEW RECIPE POST | Cod with Parmesan / Bacalhau com Parmesão
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  8. Que pessoa encantadora! Assim como essa entrevista... beijos

    http://meusdespropositos.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Oi Cátia! Tudo bom?
    Não a conhecia, mas ela me pareceu bem simpática na entrevista!
    Parabéns pelo seu blog!
    Beijos do Brasil (:
    http://www.16primaverasblog.com/

    ResponderEliminar
  10. Entrevista maravilhosa ela é super hilaria
    Meu canal: https://www.youtube.com/watch?v=WflDsh0kjCo
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Gostei da entrevista.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Oi Cátia,
    Acho ótimas suas entrevistas pois conheço os artistas portugueses.
    Te convido:
    Participe da nossa pesquisa de público no blog
    Big Beijos
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderEliminar

Até logo, Diamond!

Obrigada pela visita!
Volta Sempre :)