segunda-feira, 31 de agosto de 2015

«A simetria perfeita»

segunda-feira, agosto 31, 2015 22 Comments
Olá Internautas! :)
Hoje trago-vos o meu mais recente artigo para o Repórter Sombra!
Desta vez falo sobre Wes Anderson, realizador que é obcecado pela simetria perfeita no ecrã. Acreditem que depois de lerem este artigo não vão conseguir ver um filme dele sem reparar nisto :p




«Wes Anderson é um realizador que é obcecado pela simetria perfeita no ecrã. Não sabem o que isso significa, não é? Pois, mas eu estou aqui para explicar-vos.
Este cineasta – que ficou conhecido por filmes como O Fantástico Senhor Raposo, Os Excêntricos Tenenbaums e Moonrise Kingdom -, tornou as cores e a geometria das cenas a sua marca registada. Isto significa que os seus filmes seriam facilmente reconhecidos através das cores que apareciam a partir das telas do cinema, ou da geometria contida minuciosamente em cada etapa do filme. A verdade é que se traçarmos uma linha a meio da tala – tal como Kogonada fez – podemos facilmente ver como Wes Anderson cria as cenas parecendo que elas estão refletidas como se de um espelho se tratasse.
Não é assim tão estranho esta obsessão de Wes pela simetria. Outros realizadores têm outras obsessões que utilizam nos seus filmes. É o caso de Scorsese que gosta de representar o vermelho, por exemplo. Ou de Tarantino que filma os pés das suas personagens mais marcantes. Falando de Tarantino, a referência que este faz aos pés femininos nos seus filmes fez-nos perceber qual era o seu fetiche peculiar. Sim, Tarantino é um podólatra assumido. Isto mostra que muitos realizadores transportam os seus fetiches e obsessões para os seus filmes. Wes Anderson é só mais um deles.
Partindo desta análise, é impossível negar que, de facto, a maior parte dos realizadores são reconhecidos pelas obsessões que têm, ou seja, elas acabam por tornar-se uma “imagem de marca”. É assim que os seus filmes são reconhecidos: pelas impressões que nele estão contidas. Assim, sabemos que um filme é da autoria de Wes Anderson, quando vemos que ele é totalmente simétrico. Ou que é da autoria de Scorsese, quando representa fortemente o vermelho.

Concluindo, é inegável dizer que as obsessões de cada realizador estão implícitas nos seus filmes. São elas que prendem o espetador ao ecrã e que fazem com que o nome de quem realizou o filme fique na sua mente. Talvez se Wes Anderson não fosse obcecado pela simetria, ela não fosse tão conhecido agora. Talvez seja essa mesma simetria que faz o público apaixonar-se pelos seus filmes, prender-se à tela e às imagens e querer esperar pelo próximo.» 

Artigo publicado aqui.

domingo, 30 de agosto de 2015

Música da Semana #8

domingo, agosto 30, 2015 30 Comments

Esta semana na rubrica "Música da semana" decidi trazer-vos uma música que tem muito significado para mim. "Latch", do Sam Smith, foi a música que mais ouvi esta semana. 
Não me canso, nem nunca me vou cansar de ouvir esta música. É das minhas músicas favoritas e -se prestarmos muita atenção à letra- penso que já todos nos identificámos com ela em algum momento da nossa vida. Outros identificam-se com ela neste momento. E outros hão-de identificar-se com ela mais tarde. Penso que é isso que faz uma boa música: o que ela nos faz sentir e as lembranças que ela nos traz. Música sem sentimento não é música. E é por esse mesmo motivo que eu admiro tanto o Sam Smith, porque ele traduz em simples canções todos os sentimentos que vão dentro dos nossos corações e todas as palavras que queremos dizer mas que teimam em não sair. Ouçam e, acima de tudo, sintam!

E vocês, já conheciam a música? Gostam de Sam Smith?

sábado, 29 de agosto de 2015

«Continuo a receber com bastante regularidade diversas mensagens que trazem cházinhos e as tão saborosas coceguinhas no ego!»

sábado, agosto 29, 2015 19 Comments
João Seilá foi uma jovem revelação do programa Ídolos. O casting, que começou por ser uma brincadeira, acabou por levar João ao quarto lugar do concurso televisivo da sic.

Foi em 2012 que João Seilá viu a sua vida mudar ao participar num concurso televisivo. O Ídolos abriu-lhe novos horizontes e garantiu-lhe o início de uma futura carreira musical. O jovem não venceu o programa mas conquistou o quarto lugar que garante lhe ter dado umas «valentes coceguinhas no ego». Mas foi em 2013 que viu o seu primeiro álbum a solo nascer. “Filhos da Tv” é o nome do seu primeiro álbum de originais. Dois anos após o seu lançamento, João aceitou responder a esta entrevista onde nos fala um pouco do seu percurso no programa Ídolos bem como da sua carreira após ter deixado o programa.


Em 2012 foste finalista do programa Ídolos. Como viveste essa experiência televisiva?
Eu costumo dizer que o Ídolos foi um campo de férias. É uma experiência divertida, perigosa e alucinante, tal como um desporto radical.
Divertida porque fiz coisas que nunca tinha feito antes.
Perigosa tendo em conta a pressão dos diretos, as rasteiras das entrevistas e constante interação com o público e consequentemente a crítica.
Alucinante porque acontece tudo muito depressa e grande parte do que lá "passei", só "vivi/digeri" tempos depois.

Qual foi a experiência mais difícil pela qual passaste ao longo do concurso?
Esta é uma questão muito fácil. A experiência mais difícil foi, sem dúvida, a fase dos 3 dias de teatro. São 3 dias constantemente sob pressão, a dormir, comer, pensar e agir mal. Existe todo um ambiente de drama e suspense presente. Mesmo sendo eu um tipo descontraído e aparentemente despreocupado, a natureza do ser humano fazia com que todo aquele drama se trespassasse por osmose e sentia-me constantemente dentro de um filme, naquela parte em que a banda sonora tem um violino fininho a fazer tiriririri e de repente ...TCHAN.. aparece um dinossauro 3D gigante ou uma pessoa pendurada pelos pés com as esbardanhanhas de fora!

Não teres sido o vencedor desmotivou-te de alguma forma?
Não! Eu concorri ao Ídolos porque perdi uma aposta com um amigo meu. Segundo a aposta eu seria o cromo que foi cantar um tema do Tony Carreira ao casting. Nunca fui candidato a vencer mas confesso que o 4º lugar me deu umas valentes coceguinhas no ego!

Após o fim do programa optaste por um futuro enquanto artista. Quando surgiu o teu amor pela música? Sempre sonhaste ser um artista solo?
O meu amor pela música surge bastante cedo. Eu comecei a tocar violino com 5 anos, inicialmente a minha mãe obrigava-me a ir às aulas de música e eu odiava, chorava baba e ranho! Aos 6 anos mudei de instrumento para guitarra clássica e rapidamente me tornei num adicionado pela música. Nunca sonhei ser cantor muito menos artista a solo, tornei-me cantor por descuido.
Durante o Ídolos percebi que gostava de cantar. Mais tarde, após o programa, senti que conseguia lançar um disco apoiado pela estrutura de uma editora e assim o fiz.


Fala-nos um pouco do teu primeiro álbum. O que pretendeste transmitir quando o editaste, que mensagem tentaste passar…
Antes de gravar o meu disco já tinha escrito várias canções para outros artistas, alguns deles até conhecidos. Nesses casos as músicas por vezes são escritas "por encomenda" e sinto-me obrigado a criar um personagem que se vai encontrar em determinadas circunstâncias e ao vivê-las vai escrever sobre elas, é um processo muito interessante mas que não esteve presente no meu disco. No meu disco, os temas simplesmente apareciam, quis ao longo do disco contar a história de um rapaz que sai de um programa de televisão e vai à procura do seu lugar na música. A música 'Filhos da TV' conta a experiência no programa,'Pés do Ronaldo' aborda a decisão de largar por um tempo indefinido a vida que trazia e arriscar na música, 'Refém' fala sobre as dificuldades dos músicos em procurar os contactos e as oportunidades certas e deixar que os seus sonhos sejam o negócio de outros. Enfim, todas as músicas têm parte da minha história, à exceção da "Balada da Ivone" que foi apenas uma parvoíce que me apeteceu fazer e fiz! ...porque o disco é meu!!! :D 

Qual é a tua música favorita no álbum?
A minha música preferida é a "Cauda do Diabo". Pela energia, pelo tema da letra e a estrutura fora do convencional. É uma música em que as segundas vozes assumem o papel principal no refrão. É o meu tema favorito do disco e a música que mais gosto de tocar ao vivo, é quando pego na guitarra e não me preocupo se estou a tocar alto de mais! É mesmo para ser alto!
A música conta a história ligeiramente aldrabada de um mendigo arrumador de carros que conheço. Alguém que nasceu com o mundo na mão e não soube ou não conseguiu tirar proveito disso, acabando na rua. "Nasceu direito, vive torto e quando morrer vai deitado!"

Porquê Filhos da Tv?
Filhos da TV, porque eu me considero um filho da TV no sentido em que apareço com este disco após a minha participação num programa de televisão. O disco tem temas que foram escritos antes durante e depois do Ídolos, ainda assim, o contexto é transversal.

O que ambicionas para o futuro?
Procuro ser feliz e ter sucesso a nível pessoal e profissional. Como músico tenho uns quantos temas escritos, espero no futuro ter tempo para os "empacotar" num segundo disco.

Tens sentido muito carinho por parte do público?
Apesar de neste momento estar ligeiramente afastado, continuo a receber com bastante regularidade diversas mensagens que trazem cházinhos e as tão saborosas coceguinhas no ego!

Para finalizar, o que é que o João de agora tem de diferente do João que participou no Ídolos?
A grande diferença, apesar de continuar esquelético, são os 20kg a mais que constituem a minha triste figura! À parte disso, sinto que ganhei bastante experiência em palco e em estúdio. A idade avançou e com ela a própria personalidade. 


Terminada a entrevista resta-me agradecer ao João pela sua disponibilidade e simpatia mas, acima de tudo, por ter aceite o meu convite. 
Em baixo deixo os locais onde podem seguir o seu trabalho assim como alguns vídeos seus.

Página Oficial: João Seilá
Canal do youtube:  João Seilá
Epifania
Audição Ídolos

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Personalidade da Semana #2: Diogo Morgado

quinta-feira, agosto 27, 2015 22 Comments
Ontem não tive tempo para vos trazer um post porque tive um dia super atarefado. Estou a adorar esta semaninha de férias, pena que já está a acabar!
Hoje é quinta-feira e como todas as quintas trago-vos a personalidade da semana. Esta semana trouxe uma sugestão que foi deixada nos comentários do post da semana passada sobre o ator Ricardo Pereira, lembram-se? A personalidade desta semana é... Diogo Morgado.

Diogo Miguel Morgado Soares, é um ator e modelo português nascido em Lisboa a 17 de Janeiro de 1980. Aos 35 anos de idade, o ator é muito conhecido por ter representado o papel de Jesus Cristo no filme Son Of God e na série A Bíblia. Pessoalmente, enquanto portuguesa, fiquei super orgulhosa do papel que o Diogo tão bem defendeu tanto no filme como na série. Já conhecia o seu talento enorme desde sempre, sempre o considerei dos melhores atores portugueses mas não podia adivinhar que ele ia chegar tão longe. Penso que foi ótimo para Portugal ele ter sido o escolhido para ser o protagonista de um papel tão importante, ainda para mais, no estrangeiro. Mesmo quem não gosta do Diogo não pode negar que ele esteve excelente e que foi, sem dúvida, um marco na sua carreira enquanto ator.


Diogo Morgado começou a sua carreira aos 14 anos como modelo. Mais tarde, deu as suas primeiras cartadas na representação, através da televisão. Mas foi com a sua participação no telefilme Amo-te Teresa, em 2000, que a sua carreira se colocou na ribalta. Mas confesso que as participações do Diogo que mais me marcaram foram na novela Vingança(2007) e Laços de Sangue (2010). Aliás, penso que foi a partir de 2007 que comecei a acompanhar mais a sério o percurso deste ator. Cativou-me imenso e eu admiro os atores que representam de forma tão natural que nos esquecemos que aquilo é ficção e acreditamos que é real. E eu vejo isso neste ator. 


Atualmente, Diogo Morgado tem um filho chamado Santiago. O nome surgiu da sua personagem na novela Vingança, personagem que mais marcou o ator até hoje. 
Este é o tipo de ator ao qual devo um "obrigado" por não deixar morrer o teatro em Portugal. Confesso que a maior parte dos atores portugueses mostram demasiado que estão a representar e não deixam as coisas fluir. Essa é a principal característica que aprecio no Diogo -a forma natural como ele interpreta um papel, como se ele fosse mesmo aquela personagem que está a representar. E, sim, é também considero o Diogo um dos homens mais bonitos de Portugal, sem qualquer dúvida.


Espero que tenham gostado da personalidade que escolhi para esta semana. Fiquem atentos porque amanhã vou revelar quem é o próximo entrevistado do blog :)

Qual a vossa opinião acerca do Diogo Morgado?
Deixem sugestões para a personalidade da próxima semana! :)

terça-feira, 25 de agosto de 2015

EscapeShoes: Qualidade, rapidez e eficiência

terça-feira, agosto 25, 2015 22 Comments
Confesso que não conhecia a loja EscapeShoes até ter sido contactada para uma possível parceria. Como é óbvio fui fazer a minha pesquisa habitual porque sou adepta de lojas online! Os preços são sempre acessíveis e têm sempre algo que me agrade. 
Devo dizer que fiquei agradavelmente surpreendida com tudo o que encontrei nesta loja.
Os valores da EscapeShoes prendem-se com oferecer um serviço de qualidade ao cliente passando por um serviço rápido, eficaz e honesto. Penso que estas devem ser as principais características de uma loja online não é? Quando compramos alguma coisa online queremos sempre fazê-lo de forma confiável por isso, muitas vezes, custa-nos comprar algo numa loja desconhecida. Se ainda não conhecem a EscapeShoes, aconselho-vos a conhecer porque vão ficar maravilhados! Se prestarem atenção aos comentários de pessoas que já usufruíram do serviço vão dar conta de que todas estão satisfeitas com a qualidade do material assim como com a rapidez da entrega. E, na minha honesta opinião, isso é essencial!


Depois de dar analisar bem a loja venho mostrar-vos aqueles que foram os produtos que mais despertaram o meu interesse!

  Sapatilhas Sixty Seven 75070 Doodle White 21,50 (aceder aqui)

Para quem é fã de sapatilhas, como eu, esta é uma ótima opção! Usar calçado baixo é super mau para a nossa coluna e pernas. Acreditem que passado uns anos vão começar a sentir imensas dores depois de um dia inteiro a andar com sapatilhas baixas. Por isso estas são ideais porque a sola é bastante alta e transporta muito equilíbrio para o nosso corpo. Já para não falar na cor e no seu aspeto visual, fica bem com tudo! São super confortáveis e ideais para um dia cansativo em que não vos apetece calçar saltos ou andar desconfortáveis na rua!

O preço é bastante acessível, vocês não encontram em qualquer lugar umas sapatilhas desta qualidade com um preço tão bom.

Sandálias MTNG Vaqueta 93863 Branco 88,50 (aceder aqui)

Para quem adora sandálias, esta é uma ótima opção. O salto, por não ser muito fino, apoia muito bem o pé e transmite segurança e conforto. Já para não falar que fazem a perna muito mais elegante e ficam ótimas num bom vestido!

Tenis Sperry STS10851 Striper CVO Blue 69,90 (aceder aqui)

 


Agora passemos ao calçado para homem. Eu sou tão fã deste tipo de ténis. São lindos e ficam bem a qualquer homem. Eu optei por colocar aqui o azul porque penso que é uma cor muito bonita e que dá bem com muita roupa! Eu tenho vários ténis deste género e devo dizer-vos que são bastante confortáveis mesmo! 

Sapatos Timberland 5716R Earthkeepers Hookset Camp Nautical Blue  Canvas 52,50 (aceder aqui)

 

Relativamente a sapatos, optei por colocar aqui estes porque –só de olhar para eles- transmitiram-me muito conforto. Adoro a marca! Os sapatos são muito bonitos e confortáveis. Penso que, mais importante do que estar bem calçado visualmente, deve-se estar bem calçado interiormente, isto é, confortável, de forma a não cansar os pés. Os pés são das partes mais importantes do nosso corpo porque são eles que suportam todo o nosso peso. Se usarmos calçado que não seja confortável só vamos estar a cansá-los e, consequentemente, a cansar todo o nosso corpo. Por isso optem por sapatos como estes, confortáveis, bonitos e elegantes. Estão a metade do preço o que é ótimo e de aproveitar porque a marca é fantástica e não encontram sapatos deste género a um preço acessível todos os dias. 

Se gostaram do calçado garanto-vos que há muito mais e melhor na loja online. Entrem no site da EscapeShoes e explorem muito porque tenho a certeza que vão encontrar coisas que vão amar e a preços que vos vão agradar. Estamos quase na mudança de estação e está na hora de dar uma olhada no calçado para a próxima época!








Até logo, Diamond!

Obrigada pela visita!
Volta Sempre :)