sexta-feira, 22 de junho de 2018

# Descobrindo # Lamego

Serra das Meadas (Lamego)

Alô, internautas! Agora que (finalmente) estou de volta a este cantinho, não posso deixar de partilhar convosco as aventuras que tenho vivido. Uma das coisas que me apercebi que mudou desde que entrei na faculdade foi o tempo que tenho para mim. Deixei de ter tempo para me divertir, viajar e sempre me foquei demasiado no trabalho e nas obrigações.
No entanto, este ano decidi mudar isso. Talvez tenha sido esse o motivo para ter deixado este cantinho em stand-by. Aproveitei mais o tempo para viver novas experiências e descobrir novas coisas. Descansei. Relaxei. Li. Vi séries novas e filmes novos. Vivi experiências únicas e iniciei novos projetos. Claro que, tendo o dia apenas 24h, tive de me desleixar noutras coisas. Deixei o blog parar e deixei de produzir para o youtube. No entanto, agora que encerrei a etapa que me estava a dar mais trabalho (o ano letivo na faculdade), decidi voltar em força e para ficar, pelo menos até iniciar novamente o próximo ano letivo. 
Assim, e como sei que vocês gostam particularmente de posts sobre viagens, é esse o conteúdo que vos trago hoje.




Se vocês acompanham o meu percurso, sabem certamente que adoro viajar. No entanto, quando matava saudades deste cantinho, reparei que não publico muito acerca disso. Se não me engano, a minha única publicação foi acerca de uma visita ao Castelo de Santa Maria da Feira. Pois é, meus caros, isso vai mudar. Quero muito usar este espaço para vos mostrar por onde ando e o que ando a fazer. E, claro, mostrar-vos sítios novos que vocês podem (e devem!) conhecer.




Quando fiquei oficialmente de férias da faculdade, uma das coisas que prometi fazer mais durante este verão foi, sem dúvida, viajar. Ao estar na rádio e no jornal, acabo por ter sempre muito trabalho durante esta época do ano, principalmente porque cubro sempre alguns festivais e eventos e, portanto, o tempo que tenho para viajar ou ler é escasso. Assim, fiz uma promessa a mim mesma: aprender a descansar mais e gerir melhor o meu tempo. Principalmente porque quando trabalho demais durante esta época, começo sempre o ano letivo seguinte demasiado cansada, como se não tivesse tido férias. Assim, comprometi-me a viajar mais e a conhecer novos lugares como forma de "me obrigar" a parar por uns instantes.
Nos primeiros dias de férias quis logo ir passear para libertar o stress que tinha acumulado desde setembro quando, felizmente, iniciei o meu mestrado. Enquanto pensava no lugar que queria visitar, apercebi-me de que queremos sempre visitar sítios que estão mais longe de nós do que perto. "Há tanta coisa ali ao lado que não conhecemos", pensei eu. E é bem verdade. Se for preciso, conheço mais outras zonas do país do que aquela onde cresci. Decidi mudar isso e começar por conhecer o que me rodeia. E isso traduziu-se num outro desejo: primeiro, conhecer Portugal. Depois, o resto.
Assim, esta primeira paragem que vos trago deste verão é a Serra das Meadas, em Lamego.





Quando era pequena, acreditava que podia tocar nas nuvens. Esse era o meu maior desejo para quando crescesse: tocar nas nuvens e alcançar o céu. Assim, quanto mais próxima eu estiver do céu, mais feliz me sinto. E este local é ideal para isso. A uma altitude de 1122m, quase podemos sentir que tocamos as nuvens de tão próximas que as vemos. E o céu... Ah, o céu. Estava um azul tão bonito como eu nunca vi. É nestas alturas e perante esta beleza que percebo o quão perdemos tempo ao não aproveitar o que a natureza nos dá.







Para quem, tal como eu, ama a natureza, este espaço é fantástico. Penso que uma das suas maiores qualidades é a sua flora. Há imensas plantações e vegetações. O verde predomina, mas também é possível ver uns amarelos e alaranjados ao longo de toda a serra.






Para aqueles que, como eu, são curiosos quanto à famosas "ventoinhas" que podemos ver no cimo da serra, a Serra das Meadas mostra-vos o Parque Eólico que vos aconselho a visitar. É incrível (e, para mim assustador pelo tamanho das ventoinhas ahah).






Para além disso, é obrigatório verem o Miradouro da Serra das Meadas. Tem uma vista absolutamente fabulosa e arrebatadora.




Por visitar (e por falta de tempo), ficou o Parque Biológico, onde se encontram diversas espécies animais e vegetais autóctones da região. Como o parque é bastante grande e o tempo era escasso, ficou reservado para uma próxima visita. Desta forma, fiquem atentos porque, em breve, conto-vos tudo sobre ele.









2 comentários:

  1. Que passeio maravilhoso! Adorei as fotografias *-*
    Numa próxima ida a Lamego, tenho que passar pela Serra, definitivamente.

    r: Muito, muito obrigada, minha querida! A verdade é que aquela publicação, provavelmente, não existiria caso não fosse o desafio da Carolina. E que bom que é refletir sobre nós, com o intuito de nos valorizarmos.
    Não podemos ignorar os nossos defeitos, porque fazem parte da nossa personalidade, mas temos que ser capazes de olhar para as nossas qualidades com o mesmo sentido crítico. Porque temos muitas coisas boas que não sabemos respeitar da melhor maneira

    ResponderEliminar

Até logo, Diamond!

Obrigada pela visita!
Volta Sempre :)